Qualquer pessoa pode iniciar meu processo de nacionalidade?

alentejoSim, qualquer pessoa pode iniciar seu processo, seja Advogado, Despachante, Babysitter ou Pipoqueiro. O interessado pode outorgar uma procuração a qualquer pessoa, independente da profissão ou formação que esta possua – mas isso não é necessariamente uma boa notícia.

Processos de nacionalidade podem ser simples, mas existem detalhes que podem complicar bastante a situação. Tudo depende do conteúdo das certidões da família e do número de gerações envolvidas nos processos. Se o processo envolve duas gerações (pais portugueses e seus filhos), as chances de problemas estimadas são de 20%. Se envolver três gerações (avô português, filhos e netos) as chances já sobem para 50%. Se o português for o bisavô do interessado as chances de problemas são de 70% ou mais.

Enviar processos pelos correios pode ser muito problemático, assim como pedir a um amigo ou a qualquer pessoa para iniciá-los diretamente em Portugal. Se o interessado não pretende usar o consulado é recomendável que contrate um Advogado que seja especialista no assunto para tratar dos processos com propriedade desde o início.

 

MNG

Maurício